Curso de Auriculoterapia

A formação completa em Auriculoterapia Clínica e Auriculoterapia Clínica com DIAGNÓSTICO através do PULSO RADIAL (auriculomedicina) está disponível aos alunos brasileiros. Veja o conteúdo dos Módulos que compõe cada parte (Auriculoterapia Clínica - módulos 1, 2 e 3; Auriculoterapia Clínica com Diagnóstico através do Pulso Radial - módulos 4 e 5):

  • Módulo 1 Este curso tem por objetivo apresentar as bases da Auriculoterapia Clínica, a noção dos pontos da orelha, o mapa auricular e a noção dos “obstáculos".
  • Módulo 2 Este curso tem por objetivo aprofundar a compreensão da auriculoterapia, (como examinar o pavilhão auricular, encontrar os pontos e os tratar). Aplicações práticas destas noções para tratamentos de dor e diversas patologias funcionais
    • Módulo 3 Este curso tem por objetivo trabalhos práticos sobre as aplicações clínicas. Transmitir experiências pessoais.
  • Módulo 4 Este curso tem como objetivo a percepção do RAC-VAS, utilizar o RAC-VAS para ajudar no diagnóstico dos pontos auriculares; Compreender os obstáculos clássicos à auriculoterapia.
  • Módulo 5 Este curso tem como objetivo utilizar o RAC-VAS para realizar uma auriculoterapia personalizada, conhecer e saber utilizar os estímulos na pele, à fim de diagnosticar e de tratar, conhecer os estímulos de pesquisa na “auriculomedicina”.
Background Image

Módulo 1

Este curso tem por objetivo apresentar as bases da Auriculoterapia Clínica, a noção dos pontos da orelha, o mapa auricular e a noção dos “obstáculos”.

Conteúdo:
Introdução - Histórico da auriculoterapia :

  • - Paul Nogier,
  • - descoberta das representações vertebrais e dos membros,
  • - Noção da somatotopia geral,
  • - Desenvolvimento da auriculoterapia na França e no mundo

A orelha: Anatomia, embriologia, vascularização, inervação

Noção de Zona reativa da orelha:

  • - Pontos da orelha são testemunhas do estado fisiológico ou patológico particular
  • - Como identificar um ponto da orelha:
    • * Os pontos dolorosos à pressão
    • * Os pontos com menor impedância elétrica
  • - Complexo Neuro-Vascular
  • - Implicações

Apresentação de Trabalhos Científicos sobre auriculoterapia

Mapa auricular (primeira parte):

  • - coluna vertebral,
  • - membros,
  • - aparelho uro-genital
  • - aparelho respiratório e torácico

Os obstáculos:

  • - Primeira costela
  • - Cicatrizes perturbadoras
  • - Focos dentários.

Módulo 2

Este curso tem por objetivo aprofundar a compreensão da auriculoterapia, (como examinar o pavilhão auricular, encontrar os pontos e os tratar). Aplicações práticas destas noções para tratamentos de dor e diversas patologias funcionais

Conteúdo:

  • - Como Paul Nogier trabalhou para estabelecer as cartografias da orelha?
  • - Os primeiros trabalhos de 1951 à 1963
  • - A detecção elétrica : 1963
  • - As pesquisas de localização de pontos e o sinal vascular

Cartografia das representações auriculares (segunda parte):

  • - O Sistema Nervoso
  • - O Aparelho Endócrino

Abordagem complementar:

  • - Termografia da orelha
  • - Quais conclusões tirar dos trabalhos de termografia auricular
  • - E a somatotopia (e suas anomalias) dentro disto?
  • - O que fazemos quando tratamos um ponto (noção de sistema neuro-endócrino-imuno-cutâneo, NEIC)

Os pontos mestres:

  • - O sistema de adaptação e seus pontos
  • - Os pontos da epífise
  • - O Tragus e a lateralidade

Exame da orelha, localização dos pontos e prática:

  • - Exame visual, tipos de anomalias, como se localizar na orelha
  • - Localização dos pontos pela dor à pressão (prática)
  • - Localização dos pontos por processos eletrônicos (prática)
  • - Como e porquê tratar um ponto?
  • - Tratar à direita ou à esquerda?
  • - Auriculoterapia e gravidez

A Nomenclatura Internacional da OMS dos pontos da orelha

O sectograma

Aplicação dos dados apresentados:

  • - Como resolver uma dor
  • - Fazer analgesia
  • - Protocolos particulares:
      * Eczemas
    • * Síndromes pré-menstruais
    • * Os vícios (além do tabaco)
    • * Patologias raquidianas e controle postural
    • * Tratamento da crise de Esclerose Múltipla

Módulo 3

Este curso tem por objetivo trabalhos práticos sobre as aplicações clínicas. Transmitir experiências pessoais.

Conteúdo:
Revisão sobre a noção de ponto:

  • - pontos dolorosos, pontos de menos impedância elétrica
  • - Revisão sumária das localizações dadas
  • - As punturas secundárias
  • - Como tratar um ponto pelas frequências (revisão)
  • - A geometria da orelha

Tratamentos específicos:

  • - Programa anti-tabaco: Diferentes técnicas e seus resultados
  • - A herpes zoster e suass dores pós-zosterianas
  • - A nevralgia facial
  • - O tratamento das dores reumáticas
  • - O tratamento dos problemas funcionais
  • - O tratamento da depressão nervosa e ansiedade
  • - O tratamento do sobrepeso: revisão da fisiopatologia do sobrepeso – hipotálamo/ pâncreas

Apresentação da Auriculoterapia com o VAS (“auriculomedicina”):

  • - A descoberta de Paul Nogier em 1966
  • - O sinal de Nogier e suas aplicações

Módulo 4

Este curso tem como objetivo a percepção do RAC-VAS, utilizar o RAC-VAS para ajudar no diagnóstico dos pontos auriculares; Compreender os obstáculos clássicos à auriculoterapia.

Conteúdo:

  • - A descoberta fundamental de Paul Nogier. História da “auriculomedicina”
  • - Fisiologia do pulso periférico no repouso
  • - Fisiologia dos mecanorreceptores cutâneos
  • - A instrumentação de base em auriculomedicina
  • - O RAC-VAS: iniciação prática à percepção manual do RAC-VAS
  • - As estimulações mecânicas na pele.
  • - As diferentes abordagens sobre a pele (palpadores)
  • - A projeção de luzes sobre a pele: luz branca e luz polarizada

Módulo 5

Este curso tem como objetivo utilizar o RAC-VAS para realizar uma auriculoterapia personalizada, conhecer e saber utilizar os estímulos na pele, à fim de diagnosticar e de tratar, conhecer os estímulos de pesquisa na “auriculomedicina”.

Conteúdo:

  • - Stress e adaptação visto sob o ângulo do sinal
  • - Prática da percepção manual do RAC-VAS
  • - As diversas estimulações da pele reconhecidas pelo RAC-VAS:
    • * As estimulações mecânicas da pele (revisão módulo 4)
    • * As projeções de luzes coloridas na pele (programa de cor, cores de fases)
    • * As projeções de luzes frequenciais sobre a pele (as frequências fundamentais de Nogier)
  • - O estudo da orelha. A pesquisa de obstáculos sobre o corpo e na orelha:
    • * Protocolo de exames em casos agudos
    • * Protocolo de exames em casos crônicos
  • - As diversas estimulações da pele reconhecida pelo RAC:
    • * A estimulações mecânicas
    • * A abordagem pelo preto e branco
    • * A projeção da luz sobre a pele: o enfraquecimento do RAC-VAS
    • * Programa de cor – sequência 24
    • * O parasitismo frequencial, a sequencia frequencial e o teste de reação central
    • * A hipereatividade e hiporeatividade frequencial – o teste

Curso de Posturologia

A formação em POSTUROLOGIA CLÍNICA da Escola Raphaël Nogier segue os conhecimentos do DR. MICHEL MARIGNAN, altamente recomendado pelo Dr. Nogier.
Esta formação é adaptada à todos os níveis de conhecimentos prévios em Posturologia, desde um aluno iniciante até os mais experientes. Uma grande parte da formação será dedicada a aplicação prática e imediata das noções ensinadas a fim de que, ao final do curso, os alunos sejam capazes de : saber reconhecer os pacientes portadores de síndrome postural, saber elaborar uma estratégia terapêutica postural e acompanhar seus efeitos.

Saiba Mais sobre o Dr. Michel Marignan
Background Image

Curso de Posturologia Clínica

Ministrante : Dr Michel MARIGNAN

Esta formação de 4 dias tem por objetivos : introduzir a posturologia enquanto disciplina médica ; descrever o funcionamento do sistema tônico postural humano ; dar instrumentos clínicos (diagnóstico e terapêutico) em posturologia e saber utilizá-los de maneira simples ; e apresentar um conjunto de possibilidades em auriculoterapia no tratamento postural e suas aplicações.

Conteúdo:
Pré-teste e apresentação dos conceitos fundadores da posturologia:

  • - Visão crítica dos estudos em raquialgias ;
  • - A coluna, músculos tônicos  e músculos fásicos ;
  • - Sistema tônico muscular em repouso e em movimento (noção do sistema postural vertical e do sistema postural de ação) ;
  • - Controle central do tônus e do movimento ;
  • - Relações entre dor e disfunções tônicas musculares ;
  • - O sistema tônico postural visto em seu conjunto ;
  • - A codificação do espaço ;
  • - As entradas do sistema tônico postural ;
  • - As diferentes formas clínicas das síndromes posturais ;
  • - Síntese, multi-sensorialidade e multimodalidade, plasticidade, idiossincrasias, vicariedades

O exame clínico do paciente postural, saber identificar as anomalias do controle postural:

  • - O interrogatório do paciente sob o ponto de vista postural ;
  • - Particularidades do interrogatório em função das formas clínicas ;
  • - Exame clínico propriamente dito da postura e de suas anomalias.
    • - APO, ATO e distatias ; o « stepping test » ; a vertical de Barré ; os planos e as flechas ; o ângulo sagrado ; as rotações das cinturas ; a manobra de Fournier ; o teste de Schöber, a DMS ; o teste de rotação cervical ; o desenrolar do passo ; Outros testes clínicos acessórios;
  • - Primeira síntese dos elementos recolhidos e orientações evocadas por estas anomalias, e discussões.
  • Dados fundamentais e exame clínico das entradas do sistema postural (primeira parte):

O pé : Elementos de biomecânica; a propriocepção podal (efeitos das barras e dos elementos); a exterocepção cutânea plantar ;

O captor ocular : Noções fundamentais complementares ; sobre a abolição do reflexo óculo-postural ; o teste de convergência tônica ; o  « cover-test » (teste de recrutamento) ; outras explorações da entrada oculomotora; o problema dos óculos ; o teste de Romberg postural ; a linha bi-pupilar ; a propósito das síndromes cognitivas ;

O exame clínico das entradas do sistema postural (segunda parte).
Estratégias terapêuticas, auriculoterapia postural, pós-teste, discussões e conclusões.

O vestíbulo : Generalidades ; Deficiência vestibular e a « ocular tilt reaction » de Brandt.

O aparelho estomatognático : Generalidades ; efeitos não-posturais das síndromes do aparelho mastigatório ; exame clínico (Palpação, dinâmica e DVO, ausculta, Teste de Meersemann, tríade de Hartmann) ; o  « apertador » ; o « ventilador bucal » ; o problema das parafunções mastigatórias.

Aportes da auriculoterapia ao tratamento das síndromes posturais
Protocolos de tratamento postural en auriculoterapia com e sem a utilização do « Sinal de Nogier »

  • - Tratamento global (indicações e métodos) para ação sobre o controle central : pontos simples de correção baseados em neurofisiologia ;
  • - Tratamento das entradas posturais (indicações e métodos) ;
  • - Metodologias sintetizadas pelo canal sensório-motor, por referência, para função neurológica ;
  • - Tratamento das funções de construção do espaço pelo sistema nervoso central.